Women attending one of Fundacion Altadis' workshops

Our mission in Stone Soup Consulting is to find the best ingredients that will strengthen the social impact of organisations aiming at leaving a high social footprint. Here is an example of an organisation that accepted to question its projects’ management processes, and therefore has maximised its social impact potential, the Altadis Foundation. Let’s see how the Altadis Foundation changes its recipe!

The Altadis Foundation is the non-profit Organisation of Imperial Tobacco Group. It supports initiatives that reduce extreme poverty, improve food security, increase well-being and ensure environmental sustainability in developing countries. Our first contact with them dates back to early 2014 when we were asked to evaluate the social impact of a sample of eight projects. This would make the Altadis Foundation understand, quantify and better communicate the impact of its work. What was the result? The Altadis Foundation could confirm that its projects were indeed generating impact in its main beneficiaries and that these impacts had been sustained over time. However, there was still an ingredient missing that would enable a stronger social impact of the Foundation’s projects.

 

 

El próximo día 12 de noviembre nos trasladamos a Sevilla a la Jornada Profesional de Fundaciones para impartir la conferencia ¿Por qué y para qué medir nuestro impacto social?

Por tercer año, la Asociación de Fundaciones Andaluzas organiza este foro de encuentro y debate para el sector fundacional en torno a mesas redondas y conferencias

en las que intervendrán profesionales de reconocido prestigio con amplio conocimiento del sector.

 

Este evento dirigido a  presidentes, patronos, directivos, mandos intermedios y otros profesionales del Tercer Sector tiene un doble objetivo. Por una parte, poner en

común nuevas perspectivas y experiencias que se están llevando a cabo en el sector en materia de medición de impacto, marketing online, colaboración y captación de fondos. Por otra, la Jornada Profesional

de Fundaciones ofrece a los asistentes la posibilidad de hacer networking con más de 160 responsables de fundaciones y asociaciones que se darán cita en esta jornada de referencia.

 

Todos los detalles prácticos para asistir a la conferencia y programa en este enlace.

 

The Portugal Impact Group, of which Stone Soup Consulting is a member, joined the effort of Inspiring Impact, in the United Kingdom, and made The Code of Good Impact practice available to the Portuguese speaking world.

The Code of Good Impact Practice was developed through a sector-wide public consultation and the input of a working group of 17 organisations. It was produced by NCVO as part of Inspiring Impact. 

The Code of Good Impact Practice provides broad, agreed guidelines for focusing on impact. It sets out a cycle of impact practice and a series of high level principles to follow. The cycle and principles that make up this document are valid for all kind of non-profit organisations. They’re also intended to help funders and commissioners have a realistic and appropriate understanding of good impact practice for non-profit organisations.

The Code’s translation to Portuguese was made possible thanks to the Portugal Impact Group, which brings together key stakeholders from across the NGO sector, public sector, private sector and academia to support the development of the social impact agenda in Portugal.

O Grupo de Impacto Portugal inclui membros de organizações como ADENORMAÁguas de PortugalAssociação Construir sobre a RochaCoreEthicalFundação Calouste GulbenkianSector 3SustentareOIKOS e WACT, bem como os membros do grupo coordenador - Stone Soup ConsultingFundação EDP  e Operação Nariz Vermelho, e profissionais como Mariana Branco.

The Code of Good Impact Practice in Portuguese can be downloaded here.

 

Multiplicam-se as iniciativas que procuram promover uma adopção mais sistémica da análise e avaliação do impacto social. E ainda bem, porque todas fazem falta. Embora os conceitos sejam conhecidos, a sua aplicação prática levanta desafios e dificuldades. Para ultrapassá-los, faz falta mais e melhor informação e formação e, sobretudo, mais intercâmbio de aprendizagens e cooperação entre organizações e profissionais que trabalham em torno do desta temática. POR GRUPO DE IMPACTO PORTUGAL

O impacto está na ordem do dia e, especialmente, a sua avaliação. Mas convém dizer, antes de mais, que o mesmo não se limita às tarefas de monitorização e avaliação. Inclui-as, mas vai para além delas. A prática de impacto corresponde, na verdade, a um ciclo de actividades que começa no planeamento da mudança que se pretende gerar e das acções necessárias para o alcançar, e inclui a recolha de informação, a avaliação, a comunicação e a aprendizagem com o processo.

Grupo de Impacto Portugal, que a Stone Soup Consulting integra, associou-se ao Inspiring Impact, do Reino Unido, e disponibiliza agora o “Código de Boas Práticas de Impacto” em Português.

Este “Código de Boas Práticas de Impacto” foi desenvolvido a partir de uma consulta pública a vários setores com o contributo de um grupo de trabalho composto por 17 organizações. Foi produzido pelo NCVO, membro do Inspiring Impact

O Código de Boas Práticas de Impacto oferece diretrizes gerais e consensuais para um enfoque no impacto. Estabelece um ciclo de prática de impacto e uma série de princípios gerais que devem ser seguidos. 

O ciclo e os princípios que compõem este documento são válidos para todos os tipos de organizações sem fins lucrativos. Também se destinam a ajudar os financiadores e agentes públicos a alcançarem uma compreensão realista e adequada das boas práticas de impacto para organizações sem fins lucrativos.